#SomosTodesPatrícia

Gambe4Women
2 min readSep 26, 2021

Por Stella Furquim

Lutamos uma luta injusta. A cada conquista e avanço, o patriarcado através do sistema repleto de falhas tenta nos empurrar de volta para trás.

Mas nao iremos.

Estamos aqui para ficar e especialmente para conquistar o básico, ocupar um espaço que deveria ser nosso sem que precisássemos morrer, sermos abusadas diariamente ou agredidas constantemente.

No GAMBE temos inúmeros exemplos deste sistema que nos falta, todo dia.

Mas, hoje, somos todes Patrícia.

Patrícia, uma engenheira pernambucana, mãe de dois filhos. Sua sentença de morte? Finalizar um casamento com um homem abusivo.

(foto retirada da internet)

“Não houve acionamento dos freios e também não houve mudança brusca de direção, o que demonstra que ele teve a intenção de jogar o veículo na árvore”, afirma Acioli, delegado que investigou o crime ocorrido em 2018.

Na terça-feira próxima, 28/9/2021, haverá o julgamento de um recurso impetrado pela defesa do acusado, Guilherme José de Lira Santos para que o crime seja diminuído para um delito de trânsito e não feminicídio.

Antigamente, não tínhamos leis que nos protegessem. Hoje as temos, porém, muitas vezes deixam de ser aplicadas.

Junte-se a nós numa campanha para que isso não aconteça no caso de Patrícia e no caso de nenhuma mulher mais…..

Compartilhe a campanha e a hashtag.

Obrigada

--

--